• Premium Life

AS SUA METAS SÃO UMA AMEAÇA PARA VOCÊ?

Atualizado: Jul 17




Você sabia que o seu cérebro vê novas metas e objetivos como uma ameaça?


Obstinado, entenda uma coisa: tudo na vida é sobre processos. A fim de formar novos hábitos, você precisa antes construir um terreno favorável para tal. Este terreno será a base para a formação de novas conexões neurais, que auxiliarão no processo de adaptação ao novo hábito ou no alcance da meta proposta.


Imagine uma ponte a ser construída, de uma margem a outra de um rio. Além da preparação técnica, o construtor necessitará dos materiais adequados a fim de moldar o terreno para a fixação dos pilares. Caso o construtor se organize adequadamente, a tarefa se tornará mais dinâmica e a ponte será construída no tempo definido, ou até mesmo antes. Agora imagine esta mesma ponte sendo construída apressadamente, de um dia para o outro. Ela até poderá ser erguida, mas não terá a mesma base e resistência que a outra e demandará muito mais energia do construtor. Os pedestres se sentirão receosos de caminhar por ela, e diálogos como "A ponte vai cair", "Cuidado!" serão frequentes.


O PROCESSO com que levamos a mudança ou incorporação de novos hábitos diz tudo sobre como o nosso cérebro irá recebê-los. Caso a ponte fosse erguida rapidamente, a sua estrutura não aguentaria as idas e vindas dos passantes, e provavelmente ela quebraria antes do tempo. Obstinado: onde está o erro? No construtor que não aplicou suas habilidades técnicas adequadamente ou no processo da construção do terreno?


O processo com que o nosso cérebro se adapta a novas informações é igual. De cada lado da ponte está um neurônio, e para conexão neural que vamos construir ser saudável e forte, é necessário que o terreno seja bem preparado. Quanto mais a sua mente viaja por esta ponte, mais ela se acostuma com o caminho, e a sensação de perigo/ameaça se esvaia. Aos poucos, a conexão neural vai se tornando mais estável e estamos prontos para trilhar ou construir novas pontes. Não é atoa que falamos tanto sobre processos: se dê o tempo para se adaptar às mudanças e não caia na concepção de "quanto mais eu produzo, melhor". A sua saúde mental é um grande pilar do seu terreno, e ela será responsável por repelir ou a aderir a estas mudanças.


Quebrar paradigmas, ou hábitos que estamos acostumados a seguir a nossa vida inteira, muita das vezes não é uma linha reta: a ponte pode ser curva, sinuosa e cheia de pedras ou farpas no caminho. A fim de ultrapassá-la, o importante é sempre visar o outro lado, ou seja, seus objetivos e metas maiores.


O que te faz trilhar esta ponte?

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo